sábado, 26 de junho de 2010

Viagem Costa Vincentina, Parte 1

Bem, cá vou eu começar com esta minha viagem nestas férias que começaram hoje e duram uma semana! Quando marquei esta semana de ferias foi com o intuito de descansar e me desligar da realidade por uns tempos! Decidimos fazer a costa Vincentina e ir parando onde nos apetecesse, ora neste momento cá estamos nós (Eu, Joelma e Clio) no parque de campismo da Galé, perto de Melides! Almoçamos na Lagoa de Albufeira, uma coisinha leve para irmos melhor na viagem!


Tenho algumas recordações de acampar aqui com os meus pais e o meu tio pouco antes da minha irma nascer, claro que o sitio está muito mais desenvolvido agora, mas mesmo assim continua um paraíso de férias! Pena a placa que diz ser proibido acampar em toda a zona :(

Seguimos viagem depois de almoço em direcção a Sesimbra, como é sabado foi tudo para a praia, estava um caos nos acessos ao Portinho da Arrabida e á praia dos Galapos (acho que é assim o nome). Quase me esquecia, passamos antes no Cabo Espichel, muito bonito, principalmente a igreja, que agora que penso bem, tenho pena de nao ter fotografado por dentro.

Portinho da Arrabida



Nao ficamos aqui a tirar fotos pois estava mesmo impossivel o transito nesta zona, fomos direitos a Setubal e apanhamos o ferry-boat para Troia.



Entramos em Troia, vimos onde os novos ricos iam passear o carro e rumamos em direcção a Melides, decidimos dar o dia por encerrado e acampar no parque de campismo da Galé. Achamos caro, mas vale muito a pena, enorme, bruta piscina, acesso directo á praia, boas condiçoes de higiene, bar e restaurante, musica ao vivo. Acho que nos convenceu a ficar mais uma noite, devemos partir daqui apenas na segunda feira! Ficam agora duas fotos da nossa casa até segunda-feira:



E isto é a nossa vista quando saímos da tenda, nao se nota na foto mas é a descer e tem o mar lá em baixo :)


2 comentários:

Luci disse...

Brutal mesmo, isso é que são férias :)

WALKtheWALK disse...

o parque da Galé é um abuso, tem tudo o que é preciso, com condições brutais para um parque de campismo! já lá trabalhei uma vez e vivi mesmo nesses dias!