quinta-feira, 13 de maio de 2010

Benvindo a Portugal Surreal

[Boa noite,

O Governo português irá investir 16 milhões de euros em pistolas 9mm para toda a polícia nacional- um bom investimento.
Por outro lado, assistimos a um corte orçamental da cultura nacional.
Bem-vindos a Portugal Surreal! Fiquem agora com pistolas e submarinos...]


Feliz totalista, dois bilhetes p'rá primeira fila
Portugal, a comédia, já nos cinemas da vila
Como actores principais, políticos e pedófilos
Sem generalizar, alguns acabam por se tornar bons sócios

Um elenco de luxo de agentes corruptos
Na cidade à paisana para a recolha de lucros
A vítima: o comum trabalhador
Apanhado no fogo cruzado, criado pelo grande senhor
O argumento relata o crime do colarinho branco
Vilão morre no fim, mas o mal permanece em campo
Realização do estado, produções, dinheiro desviado
Patrocinado por um povo constantemente explorado

Refrão:
É cultural, fado, Fátima e futebol
Lança fogo no alto para entreter o povo todo (ei, ei)
É a máxima de Portugal

Submarinos, Paulo Portas
Submarinos, Paulo Portas
Paulo Portas, submarinos
Paulo Portas, submarinos

Políticos em comícios fazem ilusionismo com o fogo de artifício
Manda vir um submarino
Enquanto o povo manda vir um cimbalino
As mentes estão aéreas, eles passam férias
Nós continuamos com palas e rédeas
Não há guarda na floresta, é uma festa
Em Portugal eucaliptal, onde real é a corrupção e a desgraça
Mas não há problema enquanto houver a vinhaça
Não há stress enquanto houver uma passa
E haverá dinheiro sujo enquanto houver uma praça


[Cada um de vós dará o seu melhor para um país mais justo, para um país mais pobre!...]

Refrão:
É cultural, fado, Fátima e futebol
Lança fogo no alto para entreter o povo todo (ei, ei)
É a máxima de Portugal
É fundamental, subsídios p'ra corrupção
Lança fogo no alto para entreter o povo todo (ei, ei)
É a sátira de Portugal

É Domingo, dia de missa e de bola
O limite de velocidade hoje é 20 à hora
A terceira idade vai em peregrinação
P'rá fiscalização da última obra
Há desfile em fato-de-treino no hipermercado
Os novos ricos vão passear o carro
Transportes são lentos como repartições públicas
Cortam-se cunhas, coçam-se partes púbicas

P'ra não restar dúvidas, bisga no chão
A trolhice sai do tasco de garrafão na mão
E há piqueniques nas bermas das auto-pistas
Onde políticos adoram ir cortar fitas

[É verdade que se há uns meses atrás os portugueses não compreenderam, à medida que o tempo passa vão percebendo cada vez menos...]

Refrão:
É cultural, fado, Fátima e futebol
Lança fogo no alto para entreter o povo todo (ei, ei)
É a máxima de Portugal
É fundamental, subsídios p'ra corrupção
Lança fogo no alto para entreter o povo todo (ei, ei)
É a sátira de Portugal

[Nós não agredimos... Defendemos os atletas. É diferente! Isso é agredir os atletas!...]

É o país das maravilhas
Onde a Alice tira um curso pago com um mealheiro cheio de piças
Se o Papa nascesse cá era jogador de futebol
Se o Pai Natal fosse tuga fugia com o saco azul

Constituição fiscal politicamente anal
Portugal, agência de turismo sexual
A justiça toca acordeão em Santa Catarina
Bota Botilde à vigia na porta da Casa Pia
Jet-set, aldeias, novelas, touradas
IRS fantasmas, empresas, esquemas
Safari, os animais raros conduzem carros
Entraste no Cavaquistão, veste o Camuflado!


Refrão:
É cultural, fado, Fátima e futebol
Lança fogo no alto para entreter o povo todo (ei, ei)
É a máxima de Portugal
É fundamental, subsídios p'ra corrupção
Lança fogo no alto para entreter o povo todo (ei, ei)
É a sátira de Portugal

[São cerca de três mil milhões de contos... Portanto... Ah... 6%... Hm... 6% de seis mil milhões... Ah... 6x3=18... Ah...Um milhão ou... Ah... É, é, é... É fazer a conta! ]

[Estão satisfeitos com estas respostas e estão certamente tão contentes quanto nós, por isso agradeço-vos muito a vossa presença...Muito obrigado!...]


Pois é, este é o estado do país onde vivemos. Uma anedota política quando comparado com outros países da União Europeia. Se há países em pior estado? Há... mas também os há em bem melhor e que eu saiba o Português não é pior que ninguem para nao ter direito a uma vida desafogada e livre de grande preocupações. 

Então ainda há pouco tempo tinham baixado o IVA para 20%, já o vão aumentar de novo para 21%?? aliás, vão aumentar em 1% em todos os escalões...

Hoje deram folga á função pública... e qual não é o meu espanto quando, ao vir para o trabalho, reparo que não há filas nem transito nem nada... só posso concluir que quem faz as filas é o pessoal da função publica, que andam todos de carro... e ainda dizem que ganham mal? se ganhassem mal nao andavam de carro certamente...

Temos um país com grandes diferenças nas classes sociais e á beira da falência, o que faz o governo? constroi aeroportos e linhas para o TGV e ainda dá 2 mil milhões de euros á Grécia... então e equilibrarem as contas nacionais para nao aumentarem os impostos? E se baixassem os impostos, ou aumentassem os ordenados, o povo ficaria com mais poder de compra, logo iria gastar mais... será que isso não seria uma boa solução, em vez de começarmos todos a passar fome para pagar as contas? Não tenho nenhum curso em economia, mas gostava que me explicassem se esta situação nao seria realmente mais viavel...

E depois nao querem que eu acredite nas teorias da conspiração que existem? Sobre a Nova Ordem Mundial ou o Bilderberg Group , sobre uma dominação mundial de um governo totalitarista... que Portugal realmente é usado pelo Bilderberg como uma país de testes a novas leis/politicas/obrigações sociais... 

O mais incrivel é as pessoas apelidarem-me de maluco quando falo destas coisas mas a verdade é que se são faladas e existem teorias sobre elas, algum pingo de verdade têm que ter, principalmente quando vêm altas figuras que já pertenceram ao governo falar nestes assuntos...

Se quiserem aprender um pouco mais sobre estes assuntos, basta ver os documentarios legendados chamados Zeitgeist (também há o Zeitgeist 2), a parte sobre a igreja católica então... acho que é dos melhors desmistificadores que existe. Depois existe também o documentário legendado em portugues Obama Deception (são 11 partes, se não me engano ele passa automaticamente as partes seguidas), em que falam da farsa que foi a eleição do Obama e da farsa que é o Obama á frente dos Estados Unidos, da Nova Ordem Mundial e Grupo Bilderberg e tem pessoas bastante importantes a falar, tal como o ex-Governador do Minnesota. 

6 comentários:

L. disse...

Teorias da conspiração à parte, é de facto triste a palhaçada q se anda a viver neste momento e neste país.

infelizmente tou por dentro deste circo q é a visita do papa a Portugal, n teem noção do dinheiro que está a ser gasto neste momento com esta visita, e quem paga? os contribuintes pois claro, toda a gente me diz, n t queixes e bla bla, tas a trabalhar e eu penso: ya,tou a trabalhar,tou a receber, mas tou a receber por algo que sou eu q tambem tou a pagar...estranho...mas é o q se passa.
Papa é considerado chefe de estado, tudo bem, mas lá porque temos um presidente "muito" religioso" n pode fazer desta visita, uma oportunidade pessoal de realizar um sonho e tratar esse senhor como um Deus.

Dalai Lama tb é considerado chefe de estado e qdo veio a Portugal n foi este circo todo, e alias, nem foi mto falado, foi recebido como qq chefe de estado e com todo o respeito que lhe é devido, neste caso do papa é realmente tudo desajustado, juntando a isso a campeonato do Benfica ( povinho =P ) ,visita do papa, inicio do verao, e siga la aumentar impostos.

só n vê quem n quer ver, depois destes "docinhos" é normal que já se fale do aumento do IRS,IVA e IRC mais um corte em todos os ordenados q pode chegar aos 1,5 %. Acho isso um atestado de estupidez a qualquer português mas la está, o q é q o "povo" pode fazer? nada.. melhor altura para aplicar estas "mudanças" n poderia haver.


Vou ver agora esse documentario do obama, ja vi os outros, apesar de gostar e ate achar bastante credivel o que é dito nesses documentários, fico sempre com a ideia q n passa de mais uma teoria da conspiração.

http://economico.sapo.pt/noticias/visita-de-bento-xi-custa-37-milhoes-por-dia_89213.html

dase


abraço leo
L.

Leandro Afonso disse...

Muito obrigado pelo comentario, foi realmente uma lufada de ar fresco :)

já agora... se te identificasses seria fixe, nao faço ideia quem és ahahaha hit me on facebook ou mail ou assim :)

mas sim, estavam á espera da vinda do papa e do benfica ser campeao pra rebentarem de novo com o dinheiro do povo... é sempre assim, aproveitam-se de um novo anestesiante mental qualquer do povinho para o voltar a chular!

e ainda dizem que sao apenas teorias? eu digo que sao mesmo conspirações!

vais curtir o obama deception ;)

aconstantrefrain disse...

do comentário em cima: benfica e dalai lama <3. lol

Acho ridículo, não das pessoas terem uma religião em que eu não acredito mas por não verem o óbvio e o ridículo e por não pensarem em questões como estas, só isso.

Do resto é uma palhaçada tanto a questão do papa como as armas e tudo mais.
Há muitas coisas que são autenticos atestados de estupides e é triste. Às vezes dou por mim depois de ver tv a ter conversas e pensamentos mesmo do andamos todos a dormir aqui. Mas também quanto mais pensas no assunto pior é...
No outro dia dei por mim a ver tv sossegada no meu sofá enquanto um senhor chamado Obama supostamente muito da paz, diz que estão a REUDIZIR as armas nucleares para não sei quantas mil (acho que o Jon Stewart estava a gozar com isso até). Como ja estamos habituados quase que não se passa ali nada de estranho. Mas se pensarmos bem, os maiores terroristas do mundo são esses senhores que em horário nobre dizem na nossa cara "calem-se e comam, eu mando nisto e estou a dizer na tua cara que tenho poder para destruir parte do mundo só com umas bombitas." E nós comemos alegres.

Estou a divagar e a fugir ao assunto... nunca vi esses documentários.

Luis Piçarra disse...

hey leo fui eu que escrevi no post acima.
em relação ao circo do papa n ha mais grande coisa a dizer, os governantes deste país acharam que o país estava numa crise de fé,ou seja, valia a pena um investimeno de quase 100 milhoes de euros para ca vir o senhor, o q se esqueceram de dizer, é q iam decidir isso sem perguntar ao povo mas a ir aos bolsos cara podre,isso na minha terra chama se roubar.

Já estou farto de andar a recibos verdes, do meu trabalho bruto tiram 22% mais 20 % de iva que mtos particulares recusam se a pagar e benficios q é bom, grups!ou seja pelo menos 40 % do que me caí na conta,vai pós cofres do estado.

uma vez mais,Só não ve quem n quer ver, leo ainda n vi o documentario, tou a bulir 16 horas por dia á pala deste circo papal.
Ando colado na season 5 do lost e realmente ha coisas que me deixam a pensar, começo a acreditar bastante nessas teorias da conspiração que vão surgindo e em noticias manipuladas.

pessoal agora sim,vms entrar na crise.

abr

peterjonhansen disse...

Gostei muito do teu post leo, não só por concordar com muito do que dizes, mas por poder discordar de outras coisas.
A tua analise faz todo sentido, em tempos como estes é necessário que o governo saiba canalizar bem as sua verbas,
todos concordamos que a nossa policia precisa de melhores equipamentos, se calhar não investia já 15 milhões,
esse investimento tem de vir também com o aumento da responsabilização por parte da policia, de modo que cada bala disparada
seja justificada.

Com o arrastar da crise económica é necessário que sejam feitos alguns cortes e áreas como a cultura, são as que mais sofrem com esses cortes, é normal, é necessário, o que estado pode fazer é fomentar o investimento privado na cultura, como já se faz. Há áreas em que não se pode cortar como saúde e espero que não cortem na educação. Mas também é necessário que os investimentos públicos continuem, temos vários exemplos disso na história, no meio de grandes crises o investimento público fomentou a criação de emprego e a recuperação económica, daí eu ser a favor do TGV e do novo aeroporto, são obras que vão criar empregos, mobilizar a sociedade e credibilizar o país no estrangeiro.

Concordo contigo quanto a esses despesismos desnecessários que em nada ajudam o povo português: compreendo que se ajude a Grécia que está em pior situação que nós, não compreendo o porquê de um valor tão elevado sendo que Portugal teve de fazer um empréstimo para poder enviar essa ajuda, a união europeia toda teve de ajudar, Portugal não soube marcar uma posição nesta situação 2 mil milhões mais taxas de juros é muito dinheiro. A vinda o papa é outra que não engulo (como sabes sou cristão), mas o estado português não o é, como estado laico devia-se comportar como tal, não é parar o país só porque veio um líder religioso, como se disse antes, que o recebessem como receberam o Dalai Lama, é isso que o estado laico deve fazer, não diferenciar as várias religiões e trata-las por igual. Quero ver o PR convidar o líder da religião judaica ou islamica, não estou a vê-lo fazer o mesmo, nem a gastar metade do que se gasta com o papa.

Sou a favor do aumento do IRS e para mim trata-se de uma medida que já veio tarde, não se trata só de aumentar o poder de compra dos tugas leo, há que aumentar também as receitas do estado, essa é a prioridade, senão acontece o que aconteceu a Islândia (falência, mas o povo tem poder de compra). Esta medida vem tarde, o erro vem com o aumento do IVA para todos os escalões, na minha opinião até baixava o IVA da alimentação e subia nos outros produtos como tabaco e alcool, dava para "matar dois coelhos de uma só cajadada", aumentar as receitas do estado aumentar e o poder de compra das famílias mais necessitadas, sendo que até poderia reduzir os ordenados, não tanto se fala, mas abaixo dos 1%. Não sejamos ingénuos, o estado precisa de dinheiro e quem dá esse dinheiro são os cidadãos e as empresas, daí os cidadãos terem mesmo de suportar, os aumentos do IRS e do IVA, só acho é que o papel das empresas devia ser bem mais forte!Há que privatizar algumas das empresas do estado,aumentar o IRS das empresas que tenham com margens de lucro enormes (O lucro da EDP subiu 17% nos primeiros três meses do ano, para 309 milhões de euros), sendo que as empresas que fomentassem o aumento do emprego e o emprego não precário deviriam beneficiar de ajudas fiscais por parte do estado.

Já vi o doc sobre o Obama e gostei, achei natural o que eles contam pois é impossível acabar com lobbys que duram séculos em um mandato ou até dois, a dependencia
do governo já é enorme e não será só um homem mudar o sistema. os outros dois docs ainda não vi.
Não queria ter escrito tanto sorry!

Leandro Afonso disse...

Grande Luis, mais uma vez concordo a 100% contigo! esquece lá o Lost por uma vez e gasta uma hora a ver o documentario mas é :P ehehehe


edson, também te compreendo perfeitamente, embora nao concorde com algumas coisas que disseste! mas lá está, sao coisas para se discutir numa outra ocasiao e nao pela net, mas foi optimo teres mostrado um ponto de vista diferente para se ter aqui uma discussao saudavel com varios pontos de vista!!! escreve mais vezes :D